Programação “Um bicho de sete cabeças”

Alguma vez você já parou pra pensar em como funcionam programas e aplicações no seu computador? Mesmo que você não goste do assunto ou que não seja um Nerd, com certeza deve ter um MSN, Orkut ou Twitter e já deve ter se perguntado como eles funcionam. A resposta para essa pergunta está na programação, é através dela que todos os softwares e funcionam nos computadores, em dispositivos como celulares e até na internet, e apesar de parecer programação em si não é aquele “bicho de sete cabeças”.

O computador de um programador

Definindo programação

Os computadores são maquinas maravilhosas e perfeitas trabalham o tempo que for necessário e executam todas suas tarefas pré-definidas, porém para que eles façam qualquer coisa é preciso explicar tudo com os mínimos detalhes e na língua deles(binário). Esse processo de passar instruções para o computador em uma linguagem especifica é o que conhecemos por programação, que pode ser definida também como o processo de escrita, teste e manutenção de um programa de computador.

Os computadores só conseguem interpretar comandos em linguagem binária, onde todos os caracteres são representados por dois dígitos 0 e 1, e por suas variações, o que torna a programação uma coisa complexa e demorada. Para facilitar as coisas, começaram a ser desenvolvidas diversas linguagens de programação, que diferem na sintaxe e recursos, mas tem um ponto em comum, que é a existência de um compilador. Seja programando em C, ou seja em Kylix, você usará um editor para escrever seu programa, respeitando as regras da linguagem escolhida e em seguida rodará o programa compilado, que interpretará os comandos que foram incluídos e os transformará em binários.

Para começar, existe uma linguagem “básica” para quem quer aprender a programar, ensinada nos cursos de lógica da programação, o pseudocódigo. Ele não e uma linguagem “de verdade”, mas e uma maneira mais simples para aprender os fundamentos usados em todas as linguagens de programação. A vantagem é que você poderá trabalhar com instruções como if, else, etc. além de todas as facilidades oferecidas pela linguagem ao invés de gigantescos endereços binários. Sem dúvida muito mais simples.

Podemos começar com um exemplo simples. Vamos fazer um “programa” capaz de tomar uma decisão fácil. Ele pergunta e mostra a nota do aluno e seu nome. Para um ser humano isso seria um problema muito elementar, mas para o computador as coisas não são tão simples assim. Lembre-se que ele é “burro” e precisa ser orientado passo a passo. Nosso programinha em pseudocódigo poderia ficar assim:

Inicio

escreva: “Qual é o nome do aluno?”;
leia: (nome);
escreva: “Qual a nota do aluno?;

leia : (nota);

Fim.

Há várias classificações para a programação como, Técnica de Programação Linear, Técnica de Programação Modular, Técnica de Programação Estruturada, Técnica de Programação Orientada a Objeto. Com vários conceitos, linguagens de fluxos, de projetos, microprogramação, etc.

Assim como nas línguas faladas, existem diferenças de sintaxe, gramática e existem linguagens mais simples ou mais complicadas de aprender e linguagens mais adequadas para tipo de tarefa a realizar. Veja alguns exemplos de linguagens de programação:

As mais populares:

– Java;
– C;
– C++;
– (Visual) Basic;
– PHP;
– Perl;
– Python;
– C#;
– JavaScript;
– Ruby.

Algumas das mais antigas:

– Assembly;

– Fortran;

– Cobol;

– Algol;

– Pascal.

Ao longo dos anos, milhares de linguagens foram propostas, descritas, implementadas e usadas por diferentes pessoas, o que torna a contagem das linguagens de programação praticamente impossível. Entre essas linguagens, existem aquelas que obtiveram sucesso e reconhecimento (como Basic, C, Pascal, Fortran, Java, etc). Outras que tiveram grande influência acadêmica, mas são conhecidas apenas por alguns ou por sua importância histórica (como Simula 67, BCPL, CLU, etc).  Existem aquelas pouco reconhecidas, mas reputadas em seus nichos de mercado (como Forth, Jovial, etc).

Outras linguagens passaram, deixaram sua marca em alguns programadores, mas foram abandonadas com a passagem do momento tecnológico que as tornava interessantes(como Clipper e Snobol 4). Finalmente, algumas linguagens nunca conseguiram reconhecimento, ou foram apenas propostas teóricas ou usadas em poucas localidades, sendo provavelmente desconhecidas da maior parte dos interessados na área (como Smalltalk 72).

Top 20 linguagens de programação 

Apesar da existencia de centenas de linguagens, tem aquelas que são as tendencias no mercado atual, e por consequencia acabam sendo as mais utilizadas e as mais procuradas pelos programadores.

Um meio de ficar antenado sobre as tendencias e as linguagens mais usadas, é acompanhar pesquisas de institutos sobre a areá, como o índice TIOBE linguagem de programação. Em janeiro desse ano, a linguagem Python foi intitulada como a “linguagem de programação de 2010” pela TIOBE, o prêmio é dado para a linguagem de programação que mais ganha quota de mercado. Python cresceu 1,81% desde janeiro de 2010.

Java e C se mantiveram no primeiro e segundo lugares, respectivamente, com pouca alteração, sendo que Java cresceu um pouco e C desceu um pouco. A linguagem brasileira Lua, muito utilizada em jogos, desenhos animados e aplicações que interagem com multimídia, ainda não tem 1%, mas está crescendo, contando com a ajuda dos desenvolvedores para TV Digital Terrestre Brasileira.

Agora veja o índice TIOBE, que mantém um ranking das linguagens de programação mais utilizadas no mundo:

Posição
Out 2011

Posição
Out 2010

Linguagem

Pontuações
Out 2011

Delta

 

1

1

Java

18.482%

+1.13%

2

2

C

14.986%

-1.62%

3

3

C++

8.187%

-1.26%

4

4

PHP

7.038%

+2.72%

5

6

C#

6.973%

-3.03%

6

8

Objective-C

6.809%

+1.79%

7

5

(Visual) Basic

4.924%

-2.13%

8

7

Python

2.571%

+0.79%

9

9

Perl

2.558%

-0.08%

10

11

JavaScript

1.907%

-1.69%

11

10

Ruby

1.615%

-0.82%

12

12

Delphi/ Object Pascal

1.269%

13

13

Lisp

1.060%

-1.60%

14

14

Transact-SQL

0.956%

+0.39%

15

23

PL/SQL

0.849%

+0.58%

16

24

Lua

0.805%

+0.44%

17

16

RPG (OS/400)

0.735%

+0.13%

18

15

Pascal

0.714%

+0.21%

19

19

Assembly

0.707%

-1.07%

20

17

Ada

0.626%

+0.27%

Anúncios

Publicado em 12 de outubro de 2011, em Programação e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: