Programação Python

Para muita gente, Python é uma cobra… Mas não é deste tipo de Python que estamos falando. O nome da linguagem é devido ao Monty Python’s Flying Circus, um Show da BBC que inspirou Guido Van Rossun (criador da linguagem) na hora de determinar o estilo despojado de programação que é típico do Python. Van Rossun desenvolveu a linguagem em 1991 com o objetivo de usá-la para o ensino de programação.

Python é uma linguagem de alto nível, é uma linguagem de sintaxe moderna, orientada a objetos, interpretada via bytecode, com tipagem forte, por que não há conversões automáticas, e dinâmicas, pois não há declaração de variáveis e elas podem conter diferentes objetos. É modular, multiplataforma, e de implementação livre.

Uma vantagem de se usar Python é que para a construir aplicações mais complexas, a linguagem possibilita a fácil migração para a programação orientada a objetos. Um programa pode evoluir naturalmente para esse paradigma à medida que se torna mais complexo.
Python tem várias características interessantes:

– Pode ser usada como linguagem procedura;

– Ela é uma linguagem orientada a objetos, onde tudo é objeto, desde o tipo de dado mais simples até a classe mais complexa;

– Dá pra fazer scripts de controle de sistema operacional em Python;

 

A primeira linguagem suportada no Google App Engine foi Python, desde o início os algoritmos inovadores  do Google foram criados em Python ou em C, e até hoje Python é usada em todos os milhões de servidores do Google. O Youtube também foi programado em Python antes mesmo de ser adquirido pelo Google. Veja a página About Google; (http://web.archive.org/web/19990204033714/google.stanford.edu/about.html).

Python permite intrinsecamente a construção de software segundo o paradigma OO, não havendo a necessidade de estender a linguagem através de mecanismos artificiais para simular orientação a objetos.
A linguagem Python inclui módulos, classes, exceções, tipos de dados dinâmicos e de alto nível e tipos dinâmicos. Também suporta “interfaces” para várias chamadas do sistema e bibliotecas e sistemas de janela (X11, Motif, Tk, Max e MFC). A linguagem está disponível para Linux, Unix, MS-DOS, MS-Windows, Macintosh, Amiga, Be-OS, OS/2 e muitas outras plataformas.

Anúncios

Publicado em 3 de novembro de 2011, em Linguagens do momento e marcado como , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: